segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

CONVERSA DE NATAL...


Deram-me uma pulseira branca de plástico, que tenho pena não poder usar porque me aperta o braço. A particularidade da pulseira é que ela tem 3 estrelas. Todas as pessoas que usam esta pulseira, são lembradas que a cada 3 segundos, uma criança morre em Africa vítima de fome, de má-nutrição e de doença. É incomodativo pensar nisto. Muito mesmo. Especialmente se nos sentarmos diante de uma mesa cheia de iguarias, que não conseguimos comer, porque ficamos cheios de tanta coisa na nossa ceia de Natal ou mesmo no dia de Natal.
Mas nem precisamos ir à Africa. Aqui mesmo, em Portugal, hoje há muitas famílias carenciadas, muita gente que passa mal, sem o básico para a sua sobrevivência.
O meu apelo e desejo é que faças deste, um Natal diferente. Reparta, partilha, dá, convida para a tua casa alguém que não tem família, que está sozinho, que não tem o afecto e o calor de filhos e netos...
Sabes que há mais de 2000 anos, Deus também transformou uma noite vulgar num acontecimento único. Haviam pastores no cimo das colinas da Judeia, guardando os seus rebanhos. Tudo estava calmo. Não havia sinais de perigo e os animais, seguros, já estavam nos currais. Quando de repente os céus clarearam e os pastores atónitos, viram um anjo... dois... três... muitos... milhares... enchendo a abóbada celeste. Um deles falou com os homens e deu-lhes a noticia que naquela noite nascera o Messias de Deus. De repente toda aquela hoste angélica começou a clamar “Glória, glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade entre os homens.”
Este cântico era o desejo de Deus para o mundo. Mas nós, homens infiéis e rebeldes, não Lhe damos glória, não promovemos a paz com as nossas acções, nem fazemos nada que mostre boa vontade para com os outros na nossa vida diária.
Hoje, a canção dos anjos, mais uma vez, é um apelo, para que eu e tu, neste Natal, façamos algo diferente, como Deus fez há muito tempo atrás.
Só posso desejar-te Boas Festas, se o teu coração estiver pronto a dar festa a alguém...de outra maneira...a saudação não faz sentido, festa de Natal não tem sentido se o amor, o maior dom de Deus não for partilhado.

1 comentário:

  1. ... Saudade de conversar... contigo!
    Continua a pensar ALTO! São pensamentos que falam; eu escuto e aprendo,
    Teu amigo, Tim.

    ResponderEliminar