quarta-feira, 27 de junho de 2012

VELHOS A SONHAR



Um dia destes, numa conversa, alguém lembrou o texto bíblico "os velhos sonharão sonhos". Acho que  a pessoa nem estava a pensar na minha idade, porque de repente, olhou para mim e ficou meio atrapalhado!
É uma frase que conheço muito bem. Mas naquele dia fiquei a pensar. Porque é contra tudo o que sabemos da fase-velhice. Os velhos lembram o passado, contam e recontam histórias já ouvidas dezenas de vezes, alimentam a alma  do que foi, abrem os albuns onde repousam sem voz pessoas que teimam em envelhecer... Os velhos sabem que o futuro é curto, doloroso, solitário e na  maior parte das vezes vazio.

O que encheria a mente do profeta quando pronunciou as palavras mais tarde repetidas por Pedro, no momento glorioso do maior fenómeno do Pentecostes?
Parece que sei... penso que sei. Pelo menos sinto-o. É que embora a capacidade de fazer comece a diminuir, a força de sonhar pode estender-se a um horizonte ilimitado. Sei perfeitamente que a partir destes anos, muito me será vedado, porque não terei o mesmo vigor e a mesma rapidez de acção e de pensamento. Mas  ninguém pode impedir que o Espírito Santo que habita em mim, sonhe aquilo que Deus sonha! Eu sei que o segredo está na minha sintonia com Ele, na capacidade de sentir para onde o vento está a soprar, no desejar profundamente, acima de qualquer outro desejo, que venha o Seu Reino! Se todos os velhos sonhassem esses sonhos! 

Que todos os idosos cada vez que fecham os olhos para dormir, sonhem com um Reino onde não há fronteiras, onde os homens de todas as raças, tribos, linguas e nações cantam a mesma canção e onde crianças, jovens, pais e avós caminham para um mundo onde Cristo será Rei para sempre...

1 comentário:

  1. Quero sempre ter a sensibilidade de saber para onde o vento está a soprar...sonhos, muitos quero ter.

    Bjs!

    ResponderEliminar