sexta-feira, 31 de agosto de 2012

CHEIRA MAL!

“A conversa já cheira mal!”. Frase utilizada quando o diálogo ou comunicação entre as pessoas se torna difícil, doloroso e até insultuoso.
 
 
 
Já lhe aconteceu estar perto de pessoas que cheiram mal? Um dia destes entrei no mini-mercado da aldeia para fazer compras. Um homem percorria os corredores, colocando num cesto o que precisava. Infelizmente tenho um olfacto apurado e senti um cheiro estranho nos tais corredores. Cheirava mesmo mal. Por acaso, o tal homem passou por mim e mesmo ali, ao meu lado, tirou algo de uma prateleira. Ui! Foi aí que descobri de onde vinha o tal cheiro...Como é possível que num Verão quente como este, alguém passe sem se lavar, sem mudar de roupa? Não vão acreditar, mas fiquei agoniada...mesmo.
O mau cheiro, na maior parte das vezes, vem de algo que está a estragar-se, a apodrecer ou não tem limpeza há muito tempo. A morte cheira mal.
Agora imagine Jesus Cristo em frente de um sepulcro. “Tirem a pedra, destapem a sepultura do homem”. O grito imediato claro que é: “Já cheira mal!” Ele nem está preocupado com o cheiro. A sua atenção está voltada para a entrada do sepulcro de onde sai, vacilante, um homem em estado de decomposição. À ordem de Cristo, desligam o homem dos panos e lenços que o cobrem. O homem está vivo, sorridente, e o cheiro nauseabundo da morte, desapareceu.
Não tenho o poder de dar vida a nada que já não presta. Só o Filho de Deus tem esse poder. Mas posso cooperar com Ele, para que alguém, alguma circunstância, relacionamento ou situação, sejam “destapados”, “desligados”, com carinho, com fé, e o milagre seja operado. E também tenho o poder de não permitir que a vida à minha volta chegue a um estado de podridão, de mau cheiro e sujidade que se torne impossível suportar.
Arregacem as mangas comigo. Há muita limpeza a fazer!



1 comentário: