quinta-feira, 27 de março de 2014

A MINHA DEPENDÊNCIA...

Eu sei que estou a escrever pouco...mas este primeiro trimestre do ano tem sido algo atribulado. Estes momentos na minha página, são realmente um refúgio, um desabafo, mas quando há tantas outras exigências, vão ficando para trás...
Hoje descobri como sou tão "dependente" do meu marido. Agora que ele está em convalescença e proibido de certos movimentos, pesos e que tais, tenho que fazer muitas coisas que normalmente ele faz. Algumas, fá-lo por puro carinho, outras porque nota a dificuldade que tenho  e ainda outras...(e foram essas que me chocaram hoje) porque simplesmente gosta, acha que faz melhor do que eu e a mim, dá-me muito jeito que assim pense! 
Tive que deitar mãos à obra e perceber que a minha zona de conforto passa muito pela sua presença, carinho e  dedicação,  em tudo o que faz.
A percepção foi tão real que me assustei. Afinal, uma união de tantos anos é isto mesmo: habituar-nos aos passos do outro, às voltas (muitas vezes) incompreensíveis do outro, aos horários e rotinas da pessoa que partilha o nosso espaço há tanto tempo. A intimidade é feita também destes pequenos ritmos, tão conhecidos e tão necessários.
Transportei tudo isto para a minha intimidade com Deus. Será que sinto a Sua "falta" com a mesma intensidade? Será que sem Ele a vida deixa de fazer  sentido e perde  o brilho que deveria ter? Será que já me habituei à Sua presença tão constante , que a tenho como um dado adquirido, sem dar-lhe o valor total que ela merece?
Não queria desvendar muito a minha vida. Mas tenho que trazer um sorriso ao vosso rosto: estes pensamentos profundos  assaltaram-me enquanto me dirigia ao galinheiro, uma tarefa que odeio profundamente e que só faço em caso extremo, como agora...


3 comentários:

  1. Obrigada querida Sarah, por me ter deixado "entrar" na sua intimidade, na sua "dependência"...
    Lindo de se ler, de se entender e de se ficar "apaixonada" pela sua forma de escrita.
    "Adorei"
    Nunca deixe de escrever como tão bem o faz!!
    As melhoras do seu amado companheiro de vida e continue fiel e dependente do Seu e Nosso Deus e Pai de toda a Eternidade.
    Amém

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, pelas palavras amiga! E também pela publicidade!

      Eliminar