terça-feira, 15 de abril de 2014

SOMBRAS

Já passaram vários dias desde o meu último post. Muitas horas de aflição, de incerteza e de receio pela saúde do meu marido. Uma experiência que nunca tinha tido desde que estamos juntos, diferente da que tivemos na ultima vez que foi operado, há 6 anos... Ainda bem que a vida é sempre diferente...e que bom que Deus se mostra o MESMO em cada experiência!
Não tenho palavras que cheguem, para expressar o meu sentir em relação ao carinho, palavras de encorajamento e orações de amigos e família, de longe e de perto. Sem isso, não teria sido capaz de passar por este vale sombrio.
Descubro que "a Sua vara e o Seu cajado" que me consolam, tomam a forma de telefonemas, mensagens, palavras de cuidado e de força, mas acima de tudo, é a Sua presença que me traz tudo o que preciso, mesmo quando estou sozinha e as horas custam a passar durante a  noite.
Não estou a dizer nada novo, mas sombra significa que há luz! Um dia destes tudo voltará a uma normalidade diferente da que tínhamos antes e a sombra escura dará lugar a períodos de céu pouco nublado...
O mais importante, é que ainda que eu "ande pelo vale da sombra da morte", Ele está comigo. Podemos andar pelo vale, mas não ficamos lá, o nosso lugar em Cristo não é de sombras constantes, mas de luz.

Sem comentários:

Enviar um comentário