terça-feira, 28 de outubro de 2014

IDEIAS

Já ouviu a frase "ideias não me faltam..."?
Pois eu tenho este enorme problema. Tenho MUITAS ideias. Umas mensuraveis, outras apenas sonho, algumas completamente loucas e ainda umas quantas que gostaria de realizar, mas que, provavelmente  já não vou ter tempo para isso. O difícil é fazer a gestão de tantas, quais as que posso por de lado, as que podem ser guardadas na gaveta dos sonhos e as que, com algum esforço e ajuda, poderei por de pé. E perco algum tempo a fazer esta escolha. E até para isso tenho algumas ideias...
Surgiu-me ontem uma ideia! Nada de novo. Acontece quase todos os dias. Mas não é que esta me perseguiu o dia todo e hoje ainda não me saíu da cabeça? De vez em quando bate mais forte, abre uma janela para que eu veja um pouco do que pode acontecer. Fecho-a novamente, mas daqui a nada, lá vem outra vez!
Eu sei o que tenho que fazer  quando estou numa fase de "ideias": aquietar o meu coração. Falar silêncio à minha alma. Não escrever nem uma linha do que gostaria de dizer. Viver a rotina do dia como se fosse tudo calmo e normal. Pode ser que nesse sossego ela desmaie ou vá embora. Mas também pode ser que engorde e crie contornos de realidade e aí...arrasta-me como um turbilhão e só paro quando está concertizada.
Vamos ver como será desta vez. Também tenho algumas  ideias a respeito do que pode acontecer...

Sem comentários:

Enviar um comentário