quarta-feira, 22 de julho de 2015

SILÊNCIO

Consegue ouvir o silêncio? Não é possível. Há sempre algum som, próximo ou distante que invade aquele espaço. 
Tive uma experiência única sobre isto, na Islândia. Subi até uma colina onde havia uma velha e imponente igreja. Entrei. Tinham-me dito que ali iria encontrar o silêncio. Mas não. Cada pessoa que entrava na igreja, por mais cuidado que tivesse, fazia sentir o som dos seus passos. Desapontada, saí. Fiquei cá fora uns minutos, embrulhada num forte agasalho, a olhar a paisagem única daquele país. Tanto, tanto verde! E de repente, ouvi-o. O silêncio. A natureza não fala, não canta, o vento recolhe-se não sei onde, não há pássaros, não há árvores, só o verde silencioso. Virei-me de repente. Pensava que tinha ficado surda, mas não, era verdade. Ali naquele lugar, Deus tinha criado um espaço de silêncio,um vácuo de som. Deve haver uma explicação cientifica para o fenómeno. Não me preocupei se havia ou não. Gozei apenas os breves momentos que fiquei ali, como que suspensa. Em segundos, apercebi-me de uma outra realidade. A presença de Deus enche a terra, este planeta que Ele criou com um fim especial e só Ele pode fazer  com que a a natureza cante, uive, trema, arda e silencie. Em meio ao silêncio, Deus!

Sem comentários:

Enviar um comentário