quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

CANSAÇO

Pela primeira vez na minha vida estou cansada ao ponto de não ter vontade de escrever. Acho que não é um bom sintoma. Aliás, de há umas semanas para cá...estou cansada.
O que nos cansa, afinal? 
A doença? Mas isso tem remédio, toma-se umas vitaminas, uns fortificantes e volta tudo ao normal. 
As pessoas? Cansam-nos. Quando prometem estar presentes e só sentimos o vazio da ausência. Quando dizem uma coisa com a boca e o coração está muito longe. Solução? Vive-se sem elas...
O tempo? Qual tempo? A chuva, o frio? Para isso há casacos e chapéus de chuva e daqui a nada as andorinhas já estão a construir os ninhos.
A idade? Cansa, sim senhor. Não poder ir, não poder andar e contra isso não há muito que se possa fazer a não ser umas caminhadas, uma ginástica... dizem os entendidos.
A vida? Claro que cansa. A rotina, a falta dela. O trabalho, a falta do mesmo. O dinheiro, o pouco que se tem. Os amigos que deixam de ser ou se lembram de morrer.
Só há uma solução para isto tudo: Os que esperam no Senhor...não se cansam...não se fatigam...correm sempre...voam sempre...como águias!
Vamos lá, Sarah. Arranca aí num voo picado! 

Sem comentários:

Enviar um comentário